Please reload

Recent Posts

8 passos simples para criar um novo hábito

15/08/2017

1/7
Please reload

ESCREVER PODE SER TERAPÊUTICO

July 20, 2017

Técnicas que envolvem a escrita podem ser úteis em vários momentos de nossas vidas e algumas vezes incluo essa tarefa na lista de atividades de meus clientes.

Através da escrita conseguimos enxergar as coisas por uma perspectiva diferente; conseguimos externalizar problemas e manter o distanciamento necessário de situações que nos fazem mal.

Sugiro que as pessoas definam um limite de tempo para a sua escrita, E COMECEM. Abaixo descrevo algumas técnicas interessantes e que lhe podem ser úteis.

 

Uma carta para um dia chuvoso

É útil escrever uma carta para seu eu do futuro. Em momentos de paz e tranquilidade, você pode escrever uma carta para si mesmo e ler quando não estiver se sentindo tão bem. O forte e estável você escrever uma carta para o mais vulnerável você. Entendeu?

Se você não se sente bem nesse exato momento para escrever essa carta, você pode tentar imaginar que você está se sentindo bem, forte e capaz, ou talvez mais velho e mais sábio, e escrever uma carta direto do futuro. Esse eu do futuro pode lhe dar a orientação e o apoio necessários para saber como chegar um lugar melhor.

Você decide o melhor momento para ler essa carta. Tenha-a sempre à mão e utilize-a a seu favor.

 

Inclua em sua carta:

• O que ajuda você a se sentir melhor nesses momentos;

• O que você descobriu que o ajudou no passado;

• Orientações sobre o que você precisa fazer (por exemplo, falar com alguém, fazer alguma coisa, estar com os outros);

• Conselhos sobre o que não fazer – você já sabe por experiência que isso não vai ajudá-lo a longo prazo;

• Os seus pontos fortes e recursos;

• Diga a si mesmo o que você precisa saber naquele exato momento: “Isso já aconteceu antes, os outros se importam contigo- mesmo que às vezes pareça que não; e você pode superar isso, você já fez isso antes; lembre-se de usar técnicas específicas para ajudá-lo a superar esses momentos: isso vai passar”.

• Tenha compaixão, carinho, apoio, compreensão, incentivo para o seu eu vulnerável.

 

Escrevendo sua história

É útil escrever sobre o que aconteceu com você ou sobre o seu tempo de vida; ou talvez uma memória angustiante específica. Separe um momento em que você não seja perturbado e escreva tudo o que você puder lembrar.  Não deixe nada pra trás. Uma vez que esteja escrito você pode escolher mudar algo, tirar algo ou acrescentar algo de forma que a história obedeça uma ordem cronológica.

Você pode optar por escrever como uma história ou em forma de nota, utilizando pontos com uma breve descrição. Quanto mais você puder escrever, melhor.

Privilegie os detalhes: Descreva as circunstâncias, as idades e tamanho das pessoas envolvidas. Considere a outros aspectos da cena- o que estava acontecendo não só para si, mas também para os outros envolvidos. Descreva o que você sentiu, pensou e fez naquele momento.

Isso ajuda a organizar a história (ela é, na maioria das vezes fragmentada em nossas memórias), ajuda a tirá-la da nossa cabeça, e muitas vezes nos permite uma perspectiva diferente sobre o que aconteceu.

Uma vez que sua história esteja escrita, você pode lê-la quantas vezes quiser ou precisar, de forma a organizar suas memórias-como uma história, uma lembrança do passado, que pertence ao passado.

 

Cartas para os outros

Às vezes é útil escrever uma carta para os outros-talvez sobre o que você realmente pensa ou sente sobre ele; ou sobre o que ele fez que te magoou tanto; ou para expressar o quanto você o admira; ou ainda para pedir desculpas. Você pode querer esperar um pouco, e talvez discutir com o seu terapeuta ou um amigo, antes de decidir enviar a carta ou você pode optar por lidar com isso de forma diferente.

Pode ser útil queimar a carta e observar a fumaça subir (especialmente se a pessoa morreu). Imaginar a carta chegando ao seu destino e sendo lida pela pessoa também é uma boa opção. Você pode ainda imaginar a reação dessa pessoa.

Mas, você poderá se sentir bem o suficiente apenas por tê-la escrito e outra opção é triturá-la ou vê-la se desintegrar lentamente na água.

 

Um Futuro Melhor

Quando estiver se sentindo realmente sem esperança, acreditando que as coisas nunca irão mudar, pode ser útil escrever um relato descrevendo-nos em um futuro desejado, talvez em um, cinco ou muitos anos a partir de hoje.

 

Escrita aleatória - brainstorming

A escrita aleatória é útil apenas para escrever o que vem na nossa cabeça, talvez por um certo período de tempo - 10 minutos ou meia hora. Não se preocupe se parecer um absurdo; está tudo bem: é assim que nossa mente funciona.

Anote tudo o que vier à sua cabeça, palavras aparentemente sem sentido e frases, qualquer coisa mesmo! Você pode incluir breves descrições ou desenhos de todas as imagens que vêm à mente. Não altere nada. Apenas escreva.

Ao terminar, você pode reler e ver se há algo útil para se pensar, ou você pode simplesmente se decidir em deixar como está, no papel. Então, você escolhe o que fazer com o papel- manter ou destruir, e como fazer isso.

 

Mantenha um bloco de notas com você

Se você tem problemas para dormir, pode ser útil ter um bloco de notas e caneta ou lápis em sua mesa de cabeceira, de modo que você pode anotar todas as preocupações que vêm à mente, e lidar com elas pela manhã. Carregar um bloco de notas na bolsa ou no bolso significa que você pode escrever qualquer coisa, a qualquer hora.

 

Manter um diário

Você pode escrever o que quiser (pensamentos, sentimentos e comportamentos), todos os dias, ou sempre que você precisar-e manter em segredo. Escreva nos momentos em que você sente apenas ok, quando você se sentir bem, e momentos em que você está muito angustiado ou triste. Isso pode lhe ajudar a colocar as coisas em perspectiva, a tirá-las de sua cabeça; e significa que você pode olhar para trás em outro momento, se isso for útil-para ver que você pode sobreviver, que isso (também) vai passar.

Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square